Salve salve Nerdaiada!

Aposto que muitos de vocês conhecem essa história:

Um homem, pai de três filhas, sai para uma viagem de negócios. Perdido em uma perigosa floresta, em sua busca por abrigo, descobre um grande castelo aparentemente abandonado. Seguro nessa fortaleza recém descoberta, ele encontra todo tipo de tesouro, desde jóias, até tecidos finos. Ao deixar o castelo, o homem se lembra de um pedido de sua filha mais bela e pura: uma flor. Desgostoso por esquecer de um pedido tão singelo vindo de sua filha, o homem repara na bela roseira que cobre uma parte do castelo e arranca uma rosa… Um impacto surpresa o derruba e ele se ve frente a frente com uma criatura bizarra e assustadora. Uma fera indescritível! Para poder deixar o castelo, a fera ordena que a filha responsável pelo pedido da flor fosse enviada para seu castelo, e lá deveria permanecer.

Essa é a trama da história conhecida como A Bela e a Fera. Muitos conhecem essa história através da animação feita pelos estúdios Walt Disney.

Para quem teve a oportunidade de ler o livro, a história original é um pouco diferente da mostrada na animação da Disney. O conto original, feito por Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve foi publicado anonimamente em 1740 como La Jeune Américaine Et Les Contes Marins, e mostra uma jovem alegre e comovente que se apaixona por uma Fera, uma criatura amaldiçoada em busca de amor e redenção. Um romance adulto.

a-bela-e-a-fera-em-live-action--verdadeira-historia

Em 1760, uma versão infantil um pouco mais simplificada foi publicada, versão que Walt Disney usou para trazer a história em formato de animação. Com o tempo, a versão original se apagou da memória das pessoas… Até agora!

Seguindo a onda de novas adaptações de contos e histórias fantásticas, depois de A Garota da Capa Vermelha, Branca de Neve e o Caçador e Malévola, agora teremos uma adaptação de a Bela e a Fera (La Belle et la Bête, 2014).

belaeafera

Estrelado por Léa Seydoux (como Bela) e Vincent Cassel (como Fera), essa adaptação trás para as telonas a versão original do conto PELA PRIMEIRA VEZ (pelo menos é o que se comenta)!

a-bela-e-a-fera-em-live-action--poster2

Sinopse:
O ano é 1810. Após o naufrágio de seu navio, um comerciante financeiramente arruinado exila-se no campo com seus seis filhos: três rapazes e três moças. Apenas a filha mais nova, Bela, uma menina alegre e cheia de graça, fica entusiasmada com a vida rural.

Como o destino muitas vezes não perdoa, quando o pai arranca uma rosa de um jardim encantado para levar a sua filha, ele é condenado à morte pelo proprietário do castelo, um monstro, uma fera bestial. A destemida Bela se oferece para ocupar o lugar do pai, mas uma vez dentro do palácio, encontra uma vida estranha no lugar da morte. Uma vida cheia de magia, luxo e tristeza.

Todas as noites, sem exceção, Bela janta com a Fera, e todas as noites ela é visitada por sonhos que retratam uma triste história. Em meio a uma atração cada vez mais intensa, o mostro decide usar toda a sua coragem para chegar ao fundo da maldição que o atormenta e assim, viver novamente o amor.

a-bela-e-a-fera-em-live-action--poster3

Curiosidades curiosas

  • A história de A Bela e a Fera já foi adaptado antes como uma produção francesa.
  • A Bela e a Fera teve um orçamento de 33 milhões de euros.

a-bela-e-a-fera-em-live-action--1946

Já dá para perceber que o filme trás uma qualidade gráfica espetacular! A direção fica por Christophe Gans, mesmo diretor de filmes como O Pacto dos Lobos e Silent Hill.

A estréia está prevista para o próximo dia 18 de setembro! Veja o trailer!

Um bônus vindo dos longínquos anos 80
Nos anos 80, existia uma série de TV da Bela e a Fera, estrelado por ninguém menos do que nossos queridos Hell Boy (Ron Perlman) e Sara Connor (Linda Hamilton). Eu cheguei a ver um ou outro episódio, mas sinceramente, não lembro de nada. xD

bela e a fera-anos80-atores

Comentários

comentários

About The Author

Daniel Keller

"Far over the misty mountains cold, to dungeons deep and caverns old. We must away ere break of day, to seek the pale enchanted gold…" Sobrevivente e acumulador de histórias, desbrava o mundo através da imaginação e da criatividade. Designer por escolha e redator por sorte do destino, busca a vida perfeita. Longa vida à Nação Nerd!