Falaa galera! Depois de mais de um mês, Tim Cook novamente subiu ao palco para comandar mais um evento especial da Apple.

22-tim-cook

Começando pelos novos iPhones, que venderam nada mais nada menos que 9 milhões de unidades apenas no primeiro final de semana de vendas, tornando-se o maior lançamento da Apple de todos os tempos. Isso é impressionante, 9 milhões, NOVEEEE! Podem falar, brigar, xingar, mas é um número estrondoso! 🙂

iphone_5s_5c

Falando um pouco de iOS 7, apenas cinco dias após a liberação do sistema, mais de 200 milhões de iGadgets já estavam com ele instalado — tornando-o, também, o upgrade mais rápido de software na história. Quase dois terços (64%) dos iGadgets já estão rodando o iOS 7 hoje.

O iTunes Radio, Já conta com mais de 20 milhões de ouvintes e mais de 1 bilhão de músicas já foram ouvidas.

Sobre a App Store: mais de 1 bilhão de apps disponíveis na loja; mais de US$13 bilhões já foram pagos a desenvolvedores com as vendas desses aplicativos.

Macs finalmente vieram ao palco e finalmente Tim Cook disse que eles são uma combinação de hardware de primeira com belos designs unidos ao melhor sistema operacional do mundo, o OS X (nenhuma novidade até aqui hihi).

O OS X Mavericks, tão aguardado por nós usuários de Macs, obteve muitas melhorias, por exemplo, aproveitar melhor o hardware, em termos de bateria, memória e performance. O Mavericks é agora bem mais eficiente no uso de energia e em termos de memória, ele também faz um gerenciamento bem mais inteligente, comprimindo a RAM dinamicamente e liberando mais memória quando necessário. (hahahaha, by Microsoft)

22-mavericks

O uso de gráficos, especialmente os integrados a CPUs, também melhorou bastante com o novo sistema. Antes, o OS X separava uma parte da memória fixa para gráficos. Agora ele faz isso dinamicamente, usando mais ou menos RAM quando necessário. Suporte a OpenCL para gráficos integrados também está presente. O sistema traz várias outras melhorias como links compartilhados no Safari, respostas embutidas em notificações, abas e tags no Finder, melhor suporte ao uso de múltiplos monitores, novos aplicativos (Mapas e iBooks), e algumas outras coisas.

Quando será lançado o OS X Mavericks? Hoje! O novo sistema operacional desktop da Apple estará disponível para compra! mimimimi – não quero gastar mais dinheiro com isso- então aproveite que ele estará disponível por apenas US$0! DE GRAÇAAAAA! 😀

Foi apresentado também os novos MacBooks Pro com tela Retina.

22-mbp01

O modelo de 13 polegadas, é mais leve e fino que a versão anterior, traz o novo processador “Haswell” da Intel (de quarta geração, dual-core), gráficos integrados 60% mais rápidos, bateria de até 9 horas, memórias PCIe até 60% mais rápidas, Wi-Fi 802.11ac até 3x mais rápida, duas portas Thunderbolt 2 com quase o dobro de velocidade que antes e o OS X Mavericks pré-instalado, é claro (além das suítes iLife e iWork, agora de graça). E o preço?A partir de US$1.300 (antes era US$1.500), com 4GB de RAM e SSD de 128GB.

retina_macbook_pro_window_display

Já o modelo de 15 polegadas traz o chip “Crystalwell” da Intel (quad-core), gráficos Iris Pro (integrados porém tão bons quanto os dedicados) — uma placa NVIDIA GeForce GT 750M será oferecida como opcional, chegando a 2GB de VRAM —, 8 horas de bateria, além de flash PCIe, Wi-Fi 802.11ac, Thunderbolt 2, etc. Essas belezuras, lá fora, custam agora a partir de US$2.000 (antes, US$2.200), com 8GB de RAM e SSD de 256GB.

darth vader

E chegou a vez do Darth Vader, ops, Mac Pro. Brincadeiras de lado, foi recapitulado todas as novidades que a Apple está trazendo para seu desktop profissional. Dentro dele teremos um chip Intel Xeon E5, de 4 a 12 núcleos, até 30MB de cache L3, duas GPUs dual-workstation, AMD FirePro com até 12GB de VRAM GDDR5, memória flash PCIe super-rápida com até 1TB de capacidade, portas Thunderbolt 2 com saída de até 20Gb/s e suporte a até três displays 4K. O Mac Pro tem um controle de movimento e acende LEDs em volta de todas as suas portas traseiras, várias USB 3.0, HDMI, Ethernet, saída de áudio e mais. .

20-mac-pro

Preço? hummmm, $3.000,00 lá fora, e aqui? Então, sabe como é né, a versão mais barata ficará pela bagatela de R$ 12.999,00, isso mesmo, corra já e garanta o seu! hihihihi

Está faltando algo, não? SIIIM!

Tim Cook voltou ao palco para falar de iPads.

Hoje já são quase 180 milhões de iPads vendidos, com um market share *em uso* de 81%, contra 19% de toda a concorrência (sorry android). O iPad é o primeiro em rankings de satisfação de consumidores, desde. deixe me ver, sempre. Já são 475 mil apps criados especificamente para iPads.

ipad2

Jobs, o revolucionário apresentando o primeiro iPad.

Novas versões do iPad foram lançadas, começando pelo iPad Air!

22-ipad-air

O modelo de 9,7 polegadas agora conta com o visual do iPad mini, com molduras 43% menores que as anteriores. Ele também está mais fino — de lado, ele cai de 9,4mm para 7,5mm de espessura, 20% menos que antes —, mais leve e mais poderoso do que nunca. A experiência de segurá-lo, por exemplo, é bem melhor e diferente do que antes, levando em conta que ele é o tablet mais leve do mundo (nesta categoria de tamanho). Dentro temos um chip A7, o mesmo do iPhone 5s. São 64 bits com mais de 1 bilhão de transistores, além do coprocessador de movimento M7. A performance de CPU é 2x maior, junto de gráficos — do primeiro iPad até hoje, o ganho de performance é 8x maior; já em gráficos, o salto foi incrível: 72x mais! Ele renderiza gráficos mais rápido, é melhor para abrir arquivos pesados/complexos, entre outras muitas melhorias, como Wi-Fi com tecnologia MIMO (Multiple-In-Multiple-Out — até 2x mais rápido que antes, mas ainda 802.11n), mais suporte a redes 4G LTE, câmeras melhoradas, dois microfones, melhor iluminação do display, as mesmas 10 horas de bateria de sempre.

O novo modelo chega para substituir o iPad de quarta geração, começando nos mesmos US$500 (Wi-Fi) e US$630 (Wi-Fi + Cellular) — nos Estados Unidos, é claro.

Agora vamos ao novo iPad mini!

22-ipad-mini

Sim, ele finalmente ganhou uma tela Retina, com a mesmíssima resolução do iPad Air.

São 2048×1536 pixels em 7,9 polegadas. O iPad mini vem com o chip A7 — um salto e tanto se compararmos com a primeira geração, equipada com um A5. Mesmo com todas essas novidades, a bateria continua com as tradicionais 10 horas de duração.

Ele também conta com Wi-Fi com MIMO mais rápido, 4G LTE expandido e câmeras melhoradas, ou seja, um iPad Air numa carcaça/tela de 9,7 polegadas. As cores são as mesmas (cinza espacial e prateado) e o preço subiu um pouco — o modelo básico (Wi-Fi de 16GB) custa agora US$400 em vez de US$330. Todavia, a primeira versão do iPad mini continua à venda, agora por US$300 (Wi-Fi de 16GB) e US$430 (Wi-FI + Cellular de 16GB). Assim como no Air, o modelo de 128GB também está disponível no mini — ótimo para quem realmente precisa de espaço! 🙂

ME708_AV1_SILVER_270x270 MF047_AV5_610x221

As Smart Covers e Smart Cases foram renovadas para acomodar os novos iGadgets: as primeiras custam US$40 enquanto a segunda (que protege ainda mais o aparelho e é feita de couro), custa US$80 (Air) e US$70 (mini).

Já estou atualizando para o OS X Mavericks, um ótimo upgrade para quem é dono de um Mac.

Outra grande, gigante, fabulosa novidade que a Apple nos proporcionou foi o novo Campus que ela irá construir, confira as fotos.

site_image AppleCampus campus appla-campus-2 apple-campus-imagem campus-da-apple-nova-imagem

Realmente impressionante!

Até mais galera!

 

Comentários

comentários

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.