Faz tempo que estou devendo essa matéria aqui no Blog e não havia melhor momento do que agora. Será que chegamos ao final do mercado de likes e followers fakes no Instagram?

fim dos fakes no instagram

Se você olhou em suas notificações no Instagram recentemente e viu essa imagem acima, isso é um sinal de que você não é atitude e comprou followers para parecer mais legal. Meus parabéns!!

bunkernerd-instagram-ironia-jokerclaps

Eu fiz uma boa pesquisa em sites que “vendem” seguidores e fiz um teste: comprei 16k de followers para ver qual era a diferença e se isso de fato mudava algo. É uma “coisa da china”, quando eles começam a entregar os followers seu celular não para de “popar” com notificações, mas será que isso vale a pena? Sendo todos esses novos seguidores fakes?

fim dos fakes no instagram fim dos fakes no instagram

Comprei de vários sites diferentes e posso dizer com categoria que é a coisa mais idiota que uma pessoa pode fazer. Fake followers  não serve para absolutamente nada. Você não ganha mais likes, sua chance de conseguir mais seguidores não aumenta, e o pior, TODO MUNDO SABE QUE VOCÊ COMPROU FOLLOWERS.

Um estudo realizado nos Estados Unidos mostra que a média de likes em suas fotos é de apenas 10% do seu número de followers , ou seja, se você tem 45mil followers  deve ter no mínimo 4.500 likes em suas fotos. Se você tem um número agressivo de pessoas seguindo você não há necessidade de colocar mil hashtags né pessoal?

fake followers

Esse ataque do Instagram aos fakes pode mudar nossa concepção de quem realmente é popular nessas redes sociais. Logo saberemos quem é pop de verdade. Assim que essa varredura acabar eu postarei no final da matéria quantos Fake Followers foram mantidos.

fim dos fakes no instagram2

Comentários

comentários

About The Author

@RenatoEstranho

We drank, we fought, we made our ancestors proud. Andando e vivendo com o caderno na mão para não perder a informação. Publicitário metido a escritor com ideias que precisa por no papel. "From womb to tomb, we are bound to others, past and present.” Cloud Atlas.