A aventura Chronus Lantern começa na Taverna “The Elegant Traveler” comandada pelo taverneiro Rupert.

Intrigados com um estranho símbolo que marcava a placa da taverna e o avental do taverneiro nossos aventureiros conheceram o conto das lanternas do rei. (Temos um vídeo muito foda feito pelo Puni que ilustra essa história, por isso não vou descrever ela aqui)

Assim que a história é contada Victor (Alquimista comandado por Caricaz do Player2Player) avista um Halfling castando uma magia no canto da sala. Quando chega para conversar com ele já são atacados por um cavaleiro negro que adentra a taverna em busca de Rupert.

Drahul (Comandado por Maverick) e Avan (Comandado por Wuawydu) conseguem atrasar o cavaleiro facilitando a fuga de Rupert. Mas isso não impede que o Halfling destrua a taverna e a coloque para queimar com suas chamas mágicas. Victor antes de escapar da Taverna consegue acertar o Halfling e o mata com uma bomba que carregava em seu cinto.

Chronus lantern aventura

Com a taverna em chamas nossos aventureiros vão em busca de Rupert que fugiu com o cavalo de Drahul. Depois de um longo dia de viagem o cavalo é encontrado morto na boca de uma pequena gruta. Entrando na gruta são encontrados 2 pequenos Halflings que são intimidados por Drahul e Avan.

Adentrando ainda mais a até então pequena gruta se deparam com 2 grandes portas de madeira. Quando passam por essas portas percebem que estão em uma pequena arena clandestina e são recebidos por Maynor (antigo amigo de Rupert) que os coloca como campeões para lutar contra nunca derrotado Orc Xanok.

CHronus Lantern caverna

Chegando atrasado na arena Victor não perde tempo e aposta na vítoria de seus amigos, pois conseguiu algumas informações com os Halflings que fugiram assustados com a intimidação de Drahul e Avan.

A luta começa e nossos aventureiros percebem o poder e a força de Xanok que não perdoa em seus golpes de machado. Motivados por Victor e uma plateia ensurdecedora Drahul consegue proferir um golpe quase que perfeito na perna desse orc que cai no chão e recebe uma flecha mortal de Avan o colocando para dormir o sono mais longo de todos.

Com a vitória, Victor recebe seus louros da aposta e assim eles são convidados a conversarem com Eldon, o Halfling que comandava essa arena clandestina. Conversando com ele, descobrem possíveis informações sobre as lanternas do Rei. Haveria uma pessoa chamada Dion, que moraria no Norte e seria a única pessoa que teria informações sobre essas lanternas malditas.

No meio dessa conversa, todas as tochas se apagam e Drahul avista um espectro que vagou por sua vida passando pela sala dizendo: “Chamas, Chamas que ardem”.

Continua no próximo episódio!

Acompanhe os canais \o/

Comentários

comentários

About The Author

@RenatoEstranho

We drank, we fought, we made our ancestors proud. Andando e vivendo com o caderno na mão para não perder a informação. Publicitário metido a escritor com ideias que precisa por no papel. "From womb to tomb, we are bound to others, past and present.” Cloud Atlas.