Já vimos isso acontecer várias vezes com jogos. Esses nomes que nós aprendemos a amar quando éramos jovens e que são subitamente trazidos de volta e imediatamente nós nos lembramos das nossas queridas memórias com eles.

Eu selecionei os quatro piores reboots de jogos da geração passada para nos lembrarmos de sermos cautelosos e torcer para que não cometam os mesmos erros com o PS4 e o Xbox One. Aqui também estão as minhas quatro escolhas para os melhores reboots de jogos, porque todo mundo precisa de um bom exemplo.

Os Piores reboots estarão em vermelho e os Melhores estarão em verde.

Golden Axe: Beast Rider

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Alguém além de mim já ficou de joelhos todas as noites a rezou para que esta franquia fosse trazida de volta ? Os jogos da série Golden Axe ofereceram alguns dos melhores side-scrolling e hack-and-slash que alguém poderia querer, bem como um dos melhores títulos para o Mega Drive. Afinal de contas você já viu tanto músculo bronzeado em uma mulher, um homem e um anão ?

Então 15 anos depois de Golden Axe III, Beast Rider tropeçou em nossas vidas. Foi na melhor das hipóteses abaixo da média, com alguns bichos desajeitados para enfrentar ao longo de uma linha reta, isso NÃO É ASSIM QUE SE FAZ UM SIDE-SCROLLING !!! Não dá pra suavizar, esse jogo foi horrível.

Fallout 3

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Quem diria que após a falência da Interplay em 2004, e a venda dos direitos de Fallout para a Bethesda, que quatro anos mais tarde teríamos apenas um dos melhores reboots jogos de todos os tempos ?

Que revelação foi Fallout 3, refinando as arestas da exploração de mundo aberto de Oblivion com um deserto pós-apocalíptico que nos fez sentir algo totalmente genuíno e fresco, você sabe, antes de todo mundo decidir fazer os seus jogos em um deserto pós-apocalíptico. O jogo possuía um arsenal de armas incrível, uma seleção aparentemente interminável de missões instigantes, uma história sensacional, que nem mesmo os melhores roteiristas de Hollywood podem botar defeito, e é claro uma das melhores sensações que quaisquer jogos modernos poderiam trazer, explodir todos aqueles bastardos bajuladores de bomba em Megaton !!!

Sonic the Hedgehog (2006)

Confira os Melhores-Piores reboots da geração passada

Quando você está falando sobre o ponto mais baixo de uma série conhecida por mergulhar profundamente na valeta em seus longos anos, então não há muitos argumentos. Sonic the Hedgehog foi um desastre. A câmera foi nada menos que constrangedora, os controles faziam com que o personagem parecesse estar embriagado.

Os fãs do Sonic sempre batalharam para dizer que o ouriço azul era o melhor personagem de todos os tempos, mas quando dizem que havia potencial neste jogo horrível, aí eles perdem totalmente a razão. Sonic Unleashed e Sonic Generations mostraram que, com um pouco de refinamento, Sonic em 3D pode funcionar. Mas esse foi um claro deslize.

Castlevania: Lords of Shadow

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Lords of Shadow não é tão bom quanto os outros reboots da lista, mas merece reconhecimento por quão afiada uma mudança de direção foi para a série, especialmente levando em conta a sua história. Abertamente chamado de reboot pela Konami, Lords of Shadow foi muito corajoso em mergulhar de volta em matar vampiros dada a disparidade entre as raízes da série e seus últimos títulos. Lords of Shadow buscou mais uma vez a inovação e desta vez veio com um agradável cheiro de rosas vermelhas de sangue.

O jogo tem seus problemas, uma câmera bipolar e um hack-and-slash que vacila ao final do jogo, mas apesar de tudo ainda é muito agradável. Cada local é muito bonito e o conjunto de peças, especialmente aqueles que lembram Shadow of the Colossus, são um deleite absoluto.

Duke Nukem Forever

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Será que eu realmente preciso argumentar de como esse jogo é terrível ? É difícil encontrar uma única coisa louvável a dizer sobre ele, a melhor maneira de ter a experiência do desenvolvimento terrivelmente perturbado do jogo é realmente jogando e ver como o game evolui enquanto você joga, ou seja, extremamente lento, quase parando.

O que incomoda mais sobre este reboot é que por causa do terrível desenvolvimento prolongado, o jogo mostra que a franquia não mudou nada em anos. O humor perdeu a graça e o tiroteio parece ainda mais arcaico do que em Duke Nukem 3D, pra dizer o melhor.

Street Fighter 4

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Eu me lembro de ter visto as primeiras imagens e vídeos do jogo, com esses, músculos robustos excessivamente detalhados, contornos incrivelmente nítidos, essa estranha transição de 2D para 3D, e ficar muito preocupado com o retorno de um dos nomes que me definiu como um gamer na infância. E felizmente fico feliz em perceber que eu não precisava ter me preocupado.

Passei tantas horas on-line contra estranhos de todo o mundo que me lembrou do suor e lágrimas de antigamente. Não é um exagero dizer que Street Fighter IV é apenas um reboot da série, mas um reboot para todo o gênero de jogos de luta. E que não se pode negar que a Capcom totalmente triunfou com este reboot muito bem-vindo.

Bomberman: Act Zero

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Eu vou ser honesto, eu estava considerando outros jogos para a última posição de PIOR, como por exemplo, o Prince of Persia de 2008, que seria uma escolha um tanto controversa já que esse jogo é admirado por muitos.

Mas ter o Act Zero fora desta lista seria tão errado quanto tentar fazer um reboot Bomberman sem utilizar nenhuma bomba.

Fora que o jogo não possui multiplayer local, aí não dá pra perdoar.

Rayman Origins

Confira os Melhores/Piores reboots da geração passada

Com o perdão da palavra, mas PUTA QUE PARIU !!!

Esse jogo é realmente um reboot ? Essa foi a primeira pergunta que eu fiz quando eu escolhi esse jogo. O nome realmente não parece sugerir um reboot, mas sim uma restauração. Claro, a série Rayman mergulhou tantos jogos em sua linha Rabbids que pra mim isso significa que estamos muitos anos sem um verdadeiro jogo do Rayman, e é por isso que ele se classifica como um reboot.

Além do mais, dado o tempo que passou desde que nós tivemos um game old-school de plataforma adequado para saborearmos, eu acho que esse jogo merece todo o reconhecimento que eu possa dar.

 

É claro que ficou faltando excelentes games como Tomb Raider, Deus Ex: Human Revolution, entre muitos outros, mas eu queria me focar em alguns poucos. Se você acha que ficou faltando o seu reboot favorito, ou aquele jogo que só de lembrar o nome já dá urticária… COUGH… DMC: Devil May Cry… COUGH… então deixe o seu comentário, isso é muito importante para nós !!!

Comentários

comentários

About The Author

ArthurAques

Nerd desde criança e gamer desde sempre. Por mais agitado que o dia possa ser, sempre acha uma brecha para se atualizar com as novidades sobre jogos, filmes, séries e quadrinhos. Criado desde pequeno pelo seu pai para ser um fã incondicional de AC/DC, fica feliz quando seus vizinhos curtem música boa, querendo eles ou não.

Leave a Reply

Your email address will not be published.