E ai nerds! Mais uma vez trago uma série, porém será uma espécie de preview. Estou falando da série Heroes: Reborn. Imagino que muitos tenham visto a série original lançada em 2006 e que gostaram, pelo menos da primeira temporada.

bunkernerd_Heroes_Reborn

Para os que não conhecem ou não lembram a história aqui vai a sinopse:

A trama foi feita para ser semelhante as HQs, com pequenas histórias que eram apenas um pano de fundo para o plot final. E assim como algumas HQs, a série dividiu suas temporadas em arcos. A primeira temporada é o primeiro volume chamado de “Genesis” e também é conhecido como “Save the cheerleader, save the world” (Salve a líder de torcida, salve o mundo).

Nos primeiros episódios conhecemos os personagens principais da série e alguns de seus poderes, são eles: Mohinder (geneticista, ele não tem poder), Hiro (controlar o espaço-tempo), Claire (regeneração), Peter (absorver outros poderes), Isaac (ver o futuro), Matt (ler pensamentos) e Niki (força). No primeiro episódio Hiro vai para Nova Iorque e encontra Isaac morto em seu apartamento, logo depois a policia chega e o prende. Enquanto estava sendo interrogado, Hiro descobriu que não foi só para Nova Iorque, mas que também avançou meses no futuro. Uma bomba explodiu no meio da cidade e ele voltou para o Japão, para o seu presente. E, por saber da explosão, Hiro embarca em uma aventura para parar a bomba e salvar Nova Iorque.

Não irei me prolongar muito, então eis o que acontece: Peter conhece Mohinder Suresh, um geneticista que continua a pesquisa de seu falecido pai sobre mutação genética. Hiro do futuro (Hiro bad-ass depois da explosão) pára o tempo e aparece para Peter falando que ele tem que salvar a líder de torcida para salvar o mundo. Peter embarcar nessa missão para salvar a líder de torcida, que por sinal é a Claire.

bunkernerd_Heroes_Reborn_aurora bunkernerd_Heroes_Reborn_aurora2

Tá mas salvar de que? Salvá-la do vilão mais maneiro que já existiu no mundo de heróis e mutantes: Sylar. Ah sim, os outros personagens (Claire, Isaac, Matt e Niki) que não citei, estão resolvendo suas histórias e tramas para que no final todos se juntem.

A primeira temporada vale muito a pena assistir, mas as outras são por sua conta e risco. A segunda temporada, chamada“Generation”, sofreu pela greve dos roteiristas então várias coisas foram mudadas e anuladas sobre os personagens. A terceira temporada denominada “Villains” é uma confusão, mais personagens aparecem e vilões surgem, e a cada episódio os roteiristas se perdiam e as tramas individuais se tornaram cada vez mais fracos e ridículos. A quarta temporada, assim como o 5º volume, se chama “Redemption”, não tenho palavras para descrever, me desculpem.

Agora vamos para a nova “temporada” de Heroes. Depois de cinco anos o criador Tim Kring trás de volta Heroes dessa vez para a internet com uma minissérie de 13 episódios. A minissérie irá trazer novos personagens e uma nova história. O elenco já foi escolhido: Ryan Guzman (O Garoto da Casa Ao Lado), Zachary Levi (série Chuck), Robbie Kay (Once Upon A Time) e Danika Yarosh (Shameless). Mas também terão rostos conhecidos da série original: Jack Coleman (Noah Bennet), Jimmy Jean-Louis (René, haitiano) e Mais Oka (Hiro Nakamura). Até o momento apenas um teaser foi liberado.

O que esperar?
Sempre que falo de Heroes, lembro somente da primeira temporada que era promissora e que passava a experiência de uma “HQ televisiva”. Se a minissérie for influenciada diretamente pela estética da 1ª temporada tem potencial. Particularmente espero bastante pelo retorno de Heroes e que seja bom igual a 1ª temporada foi, alias a esperança é a ultima que morre.

 

Escrito por B. Santos

Comentários

comentários