180 minutos com algumas risadas, muitos tiros resultando em sangue e a garantia de que Django Livre (Django Unchained) é um bom filme. Pode ate não ser um nota 10 pra você, mas garanto que se o filme fosse um aluno não ficaria para conselho de classe!

Fui ver o filme sem saber muito sobre o que era e não me arrependi: você entende rapidinho do que se trata, não existe lenga-lenga no filme e cada minuto é muito bem utilizado. 3 horas passam correndo e você nem sente.

Resumindo, Mr. Jamie Foxx encarna um caçador de recompensas e um príncipe em missão de resgate em busca de sua amada e se mete em enrascadas. E é isso. Só que isso é muuuuito bom: Django tem um roteiro para fisgar vários públicos: história de amor, aventura, drama e vem acompanhado de uma trilha sonora no mínimo inusitada para um western. E é isso que temos pra hoje, falar mais sobre o filme vai destruir a sua experiência de assisti-lo e de ter seu próprio julgamento, ou vai no mínimo rolar uns spoilers de piadas ou cenas importantes.

O que posso contar é que ver Samuel L. Jackson com cabelos grisalhos e atuando como o mordomo mau de Leonardo DiCaprio – que absolutamente não é o Jack da Rose nem o Cobb do sonhos – é outro presente que você ganha quando escolhe assistir Django. Vão ver, é um filme que vale o ingresso do cinema. Nada de esperar o DVD, aproveite as férias, a chuva ou uma noite e vá ver esse filme na telona.

Basicamente, o filme é e vai continuar sendo um sucesso. Mesmo com todo o alvoroço causado nos EUA pelo uso excessivo no filme da N-word, como ela vem sendo denominada por aí (ela se refere ao termo nigger, expressão pejorativa para denominar pessoas de tez escura), e com debates sobre o politicamente correto esquentando por causa do filme, ele não deixou de ser nominado ao Globo de Ouro e de embolsar dois troféus (roteiro e melhor ator coadjuvante e mais outras indicações). Digamos que a fórmula tarantiniana aparentemente está funcionando. É esperar o Oscar pra ver quantos prêmios a mais Tarantino vai por no seu currículo.

 

Comentários

comentários

About The Author

MeninaSal

Scissors cuts paper, paper covers rock, rock crushes lizard, lizard poisons Spock, Spock smashes scissors, scissors decapitates lizard, lizard eats paper, paper disproves Spock, Spock vaporizes rock, and as it always has, rock crushes scissors. - Um dia você ainda aprende.

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.