Take 1… Take 2… Vai!

“Versão brasileira, Herbert Richers”

Salve-salve Nerdaiada! Com certeza vocês já ouviram isso alguma vez na vida! Pelo menos os nerds com mais de 20 anos, sim! Rs! Como muitos refugiados já devem ter percebido, estamos movimentando bastante o nosso bunker! Novos companheiros se apresentaram, nossa equipe está motivada e estamos cada vez mais equipados! No último fim de semana, tivemos uma reunião de cúpula e, entre outras coisas, conversamos sobre a presença e o poder de algumas personagens conhecidas. Nessa mesma conversa, eu fiz (ou tentei fazer) uma homenagem a uma das personagens mais marcantes da minha infância… Mumm-Ra, o de vida eterna!

MUMM RA

Deixo aqui registrado, a minha grande admiração e respeito ao dublador Silvio Navas, que deu vida a esse vilão aqui no Brasil, criando uma voz que assustou muitos de nós em nossas manhãs em frente a tv. Sendo um dos pioneiros nessa arte no país, o dublador emprestou sua voz a grandes nomes do cinema  como: Humphrey Bogart, Charles Chaplin, Marlon Brando, Bud Spencer e Gene Wilder. Mas o que destaca a carreira de Silvio Navas são seus vilões: Monstro Estrelar, Darth Vader. Mum-Ra, Grifo, Violador, Katchum Crocodilo, Darkseid, Cardeal Richelieu, Desslock e Imperador Geldon.

SILVIO NAVAS

Nessa “brincadeira” de imitar o Mun Ra, me peguei pensando: Cara… Muitos personagens, fictícios e reais, marcam nossa memória através de sua voz… Aproveitando esse gancho, quero trazer um tópico que já arranhei em outros posts aqui do nosso querido BunkerNerd: a DUBLAGEM!

Semana passada, o Brasil comemorou o aniversário de 94 anos de um grande artista. Orlando Drummond! Talvez você não reconheça o nome, mas com certeza conhece essa imagem e essas personagens: Scooby Doo, Gargamel, Vingador, Popeye, Alf – o Eteimoso…

Orlando-Drummond

Paralelo a isso, no último dia 18/ago, o programa Agora é tarde, com Danilo Gentili, fez com que muitos nerds tivessem a oportunidade de conhecer 3 outros grandes dubladores brasileiros: Cecília Lemes (Chiquinha e também faz a voz da Tsunade – isso mesmo, a Hokage), Garcia Júnior (HeMan, Arnold Swarzenagger, Simba – O Rei Leão –, entre outros)  e Nelson Machado (Kiko, Fred Flintstone, Blade, entre outros).

agora-e-tarde_Dubladores

Muitas vezes, talvez por sermos muito visuais, deixamos isso passar batido, mas pare e pense: Quantas personagens de filmes, animações e até jogos, você reconhece pela voz e não pela imagem? Com certeza, alguns!

Segundo o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, 2ª Edição Revista e Ampliada, DUBLAGEM é uma palavra originária do francês “doublage”, termo que faz referência ao cinema e a televisão:

  1. O registro da parte falada ou cantada da trilha sonora de um filme, geralmente na língua original e pelo próprio ator, após a realização da filmagem.
  2. Substituição da parte falada ou cantada da trilha sonora original de um filme por outra, em idioma diferente.

Por isso que, não basta apenas ter voz, o dublador precisa gostar da arte da interpretação, das Artes Cênicas. Mas, isso não é tudo! Muitos acham que ser dublador é fácil. Mais fácil que ser ator! “E só imitar a voz original! É só fazer uma voz engraçada e cheia de sotaque que fica bom!”. Isso como se alguma dessas profissões realmente fosse fácil… Guilherme Briggs e Wendel Bezerra, dois outros dubladores a qual admiro muito (Sou fã MESMO dos caras! Meu sonho é um dia poder trabalhar com eles!), já comentaram algumas vezes, em seu twitter e facebook, que ser dublador é uma profissão como qualquer outra. É preciso estudar, treinar e se esforçar muito para que se tenha um conhecimento técnico e prático para poder “vestir” a voz em qualquer ator ou personagem.

Eu ainda estou estudando e tenho muito chão pela frente, mas até agora, consegui perceber que consigo fazer Vozes Caricatas, que são aquelas mais exageradas (ideal para desenhos animados) e consigo fazer Voz Jovem, mas em compensação, tenho muita dificuldade em papéis mais dramáticos e personagens mais maduras, acima dos 40 anos. “Aaaah tá! Mas isso é o normal! Todo mundo faz a voz parecida com a sua voz natural!”. Não existe isso! Qualquer pessoa pode fazer várias vozes, mas para isso é necessário muita prática e conhecimento de todo o aparelho vocal, que inclui laringe, faringe pulmões, diafragma, língua, boca, dentes e todos os ossos da cabeça (e eu ainda devo estar esquecendo de alguma coisa). Sim, nerds! Nossa cabeçona é uma imensa caixa acústica e aprendendo a reverberar do jeito certo, é possível fazer sons e vozes bem diferentes.

Huck-EnrroladosPara dublar, antes é necessário saber atuar! Por isso o curso e a formação de ator/atriz é necessária. Além de todo exercício e prática de ator, o desenvolvimento da leitura e o aprimoramento cultural são essenciais, uma vez que você entrará em contato com filmes, séries, animações e jogos de todas as partes do mundo e se utilizar apenas o que conhece de vivência brasileira, dificilmente seu trabalho ficará bom. Você com certeza já assistiu muito filme em que a voz não combinava com a imagem da personagem. Por que as vezes, simplesmente chamar celebridades para emprestarem suas vozes para dublagem não fica muito legal… Desculpa Huck, mas ficou ruim! 🙁

Os cursos de teatro oscilam entre 1 a 3 anos de duração, dependendo da escola e da classificação do curso junto ao MEC (um curso tecnólogo, como o oferecido pelo Colégio Estadual de Curitiba (CEP), aqui na capital paranaense, dura 1 ano e meio. Sem o Registro Profissional de Ator, não se consegue trabalho na dublagem de entretenimento, que é essa em que você pode fazer filmes, séries e games, por exemplo. Portanto, não adianta fazer só um curso de dublagem e sair batendo porta.

Aqui em Curitiba, existe o curso oferecido pela Dublagem Curitiba. Nos cursos você experimenta várias situações em estúdio e pratica com diversos tipos de filmes e desenhos animados, e em vários idiomas. Sim! Não é tudo igual! É muito mais difícil dublar algo em alemão ou em um idioma oriental, como o coreano ou o chinês. Isso porque a articulação da fala e a velocidade como a boca abre e fecha são muito diferentes do usado no português (Sabe, novela mexicana? Que a boca continua mexendo depois que a fala acabou?!) Não é obrigatório fazer curso de dublagem, as é muito bom que os interessados façam porque você já chega no teste com alguma experiência. Alguns dos estúdios mais conhecidos: Audio-News, Cinevídeo, Delarte, Double-Sound, Dublamix, Herbert Richers, Sincrovídeo, Vanmahen.

Claro que fazer um curso como esse ajuda em muitas outras coisas, caso você não sonhe em ser dublador: ajuda a melhorar sua dicção, trabalhar a desinibição, a conhecer melhor a sua voz e, acima de tudo, é muito divertido!

dublar-e-diversao

Como já mencionei em post e em comentários aqui do bunker, a dublagem brasileira é reconhecida como uma das melhores do mundo, superando frequentemente as versões originais! E, pasmem nerds, graças a uma lei brasileira, até 2014 (se não me engano) toda programação televisiva brasileira deverá ter a opção de áudio no idioma português brasileiro. Ou seja, não vai faltar trabalho! Por isso que está cada vez mais fácil encontrar séries dubladas! O mercado está em expansão!

Ao mesmo tempo, é muito difícil se colocar porque os grandes estúdios de dublagem brasileiros concentram os trabalho no Rio de Janeiro e em São Paulo. Dos mais de 1500 dubladores cadastrados, apenas cerca de 350 estão executando a profissão.

E onde eu quero chegar com esse blahblahblah todo?! Uma característica, que é inegável e é comum a todos esses profissionais que mencionei aqui e a todos os outros dubladores brasileiros: eles AMAM o que fazem! É isso nerds! Acredito que todos devemos buscar viver e fazer aquilo que realmente gostamos. Desse jeito tudo fica muito mais simples e fácil! Não é?!

Eu poderia me estender e falar maaaaais ainda, mas deixa para uma próxima oportunidade! Vou deixar a semente da curiosidade e aquele gostinho de quero mais! =D

Ouça nosso Bunkercast e aprenda você também, a fazer a voz do Mumm-Ra!

 

CURSOS:

Belas artes (SP):
http://www.belasartes.br/cursoslivres/?pagina=curso&curso=introducao-a-dublagem

Senac (SP)
http://goo.gl/GQH39E

UniDubi (SP)
http://www.unidub.com.br/

Universidade de Dublagem (SP)
http://www.universidadededublagem.com.br/

Dublagem Curitiba (PR)
www.dublagemcuritiba.com.br

VÍDEOS:


Daniel Keller –
dubla tutô! Dubla TUTÔ!

Comentários

comentários

2 Responses

Leave a Reply

Your email address will not be published.