duro de matar um bom dia pra morrerOlha só que história emocionantemente nova Duro de Matar – Um bom dia para morrer nos traz: heróis americanos numa luta contra os terroristas russos malvados que vão dominar o mundo usando armas nucleares! Aposto que você nuuuunca viu uma assim! (quem sabe pra quem nunca viu um filme na vida, nunca tenha visto mesmo)

Pois é, se seu intuito de ir ao cinema não é ver BUM, PÁ PÁ PÁ, KABUM, explosões e tiros e um tiquinho de sangue, não é pela história que o filme vai se salvar.

É tão absurdamente sem história que eu fui ao cinema ver e entrei na sala errada sem saber, o filme estava na metade mas parecia perfeitamente ser a cena inicial. Quando a munição acabou, o diálogo que se seguiu entre o sempre Bruce Willis e seu filho parecia ser a explicação do filme. Minutos se passaram, mais umas cenas de ação, e de repente o sol e a música feliz! WTF?! Eu tinha de fato entrado na sala errada.

Resolvi ver o filme de novo, e do início dessa vez. Tive o cuidado de re-verificar o número da sala mais uma vez. Trailers, luzes se apagando, o filme começa. Vi uma explicação extra que não sabia, mas que realmente não faria muita diferença na história, afinal o “semi-drama” pai e filho ali não é nada senão uma desculpa pra inventar uma sequência pro filme (não posso contar pra vocês nada, qualquer coisa já seria spoiler e como eu disse lá no começo, esse filme você não vê pelo conteúdo e sim pelos efeitos especiais ou armamento e explosão.) Enfim. Pra quem gosta do gênero, eu recomendo. pra quem quer um policial com história, vá ver O Suspeito da Rua Arlington.

Comentários

comentários

About The Author

MeninaSal

Scissors cuts paper, paper covers rock, rock crushes lizard, lizard poisons Spock, Spock smashes scissors, scissors decapitates lizard, lizard eats paper, paper disproves Spock, Spock vaporizes rock, and as it always has, rock crushes scissors. - Um dia você ainda aprende.

Leave a Reply

Your email address will not be published.