Alguns de nós passamos boa parte das férias, por vontade ou não, em lugares remotos, sem acesso a internet, sem nossos computadores ou videogames. Assim sendo, muitas vezes ficamos entediados e de saco cheio.

bunkernerd-ferias no tedio_1

Na vida cotidiana nossas relações e hábitos nos fazem viver de forma acelerada, buscando sempre uma novidade, seja ela nas relações pessoais, de consumo ou até mesmo intrapessoais. Pois bem, quando estamos reclusos, ilhados e desesperados procurando o que fazer, sempre existem opções. Para tanto, basta lembrarmos: como nossos bisavós (e suas famílias de 15 filhos) faziam, quanto não existia energia elétrica?

bunkernerd-ferias no tedio_2Hoje vou dar algumas sugestões para você que, assim como eu, está ilhado e procurando uma luz no fim do túnel (e que não doa muito, de preferência).

Aproveite o ambiente a sua volta: vai dar um role na praia, tomar um banho de mar, conhecer a cidade, se embrenhar no mato, tomar um banho de cachoeira, aproveitar as opções que o local te dá.

bunkernerd-ferias no tedio_3

“- Não gosto de sol, esta coisa maléfica faz mal aos meus olhos e ao meu bronzeado vampírico.”

Ok, ok! Trocar o dia pela noite parece bom? Se o lugar for habitado por outros seres humanos, é possível que exista algum tipo de reunião social acontecendo todas as noites (ou algumas, ao menos). As férias servem pra isso! Vai lá, enturme-se!

bunkernerd-ferias no tedio_5

“- Não confio em humanos.”

É, ta foda… que tal se engajar em um novo projeto? Construir algo do zero? Dependendo das suas habilidades, pode sair algo inesperadamente genial! Minha praia é a cozinha, preparar todos os dias (noites, dias e noites) um prato diferente pode ser desafiador. Pode inclusive te auxiliar nas reuniões sociais. Que tal tentar?

Outras opções são iniciar uma coleção, conhecer novos lugares ou desbravar o mundo aí do lado! (só lembre que invadir casas desabitadas pode dar problemas)

“- Sair de casa é perigoso.. existem.. p-pes-pessoas lá fora…”

E se você levasse um amigo? Não precisa ser alguém novo na sua vida. Caso tenha algum parceiro ou parceira de reclusão, experimente jogar cartas. Jogos de tabuleiro também são legais para essas horas (talvez até jogos alcoólicos, como “Eu Nunca”, “Sueca” ou jogos divertidos e fora da casinha como “Cards Against Humanity”).

Se não tiver nada disso ou não puder realizar nenhuma dessas coisas, assegure-se de viajar munido de livros, livros e mais livros; quadrinhos, seu gadget de jogos portátil (pelamordeDeus, não esquece o carregador); ou esteja preparado para momentos intensos de meditação e um curso intensivo de leitura filosófica de paredes.

bunkernerd-ferias no tedio_4

Espero ter ajudado. Até encontrar uma operadora que fornecesse internet (por mais precária que fosse), eu estava na bosta ilhado. O que salvou foram as cervejas, os amigos e a minha cama! Divirta-se! Já, já, a vida se encarrega de te puxar de novo pra dentro da rotina. Aproveite suas férias!

 

Escrito pelo oficial Ig

Comentários

comentários

About The Author

Convidado

Convidado especial @BunkerNerd.