games

AEEEEEEEEE, AGORAAAA SIIIIMMM!!!! VAMOS BRASIL!

Uma grande evolução.

Sempre me recordo da dificuldade de comprar games antigamente, tanto pelo preço, quanto pela falta de opções. Pois é amigos, um fato em que todos concordamos é que o Brasil está se tornando uma potência nos jogos eletrônicos.

games

Antigamente… Ah, bons tempos

Os jogos sempre foram uma coisa complicada para os amantes assíduos (eu!). Creio que todo mundo aqui que tenha mais de 20 anos consegue lembrar com clareza os momentos sofridos para entender a linguagem de alguns games, ou melhor, a maioria deles. Se não eram na língua Japonesa, eram na língua Inglesa.

games

Entender a história de jogo era praticamente impossível, jogávamos mais no instinto do que qualquer outra coisa. Continuávamos avançando no cenário sem sequer saber o porque estávamos fazendo isso. Alguns games, para dificultar, nos obrigavam a entender o que de fato estava acontecendo para podermos prosseguir, e é aí que os dicionários entravam em ação. Procurávamos entender cada frase, cada palavra daquela parte, ou muitas vezes o jogo todo.

Foi uma coisa ruim? NÃO! Foi ótima, pois com toda a certeza que essas muitas horas gastas na frente da televisão serviram em vários aspectos. E claro que não posso esquecer-me de dizer que muitos falam fluentemente, ou pelo menos tem um conhecimento bem avançado sobre o inglês, por causa dos jogos. O benefício vai além, aprendemos nos divertindo.

Os dicionários em ação.

games

Mas então, anos avançavam e eu sempre via nosso belo Brasil totalmente desconhecido pelas desenvolvedoras e publicadoras dos games. Eram RARAS as exceções em que os menus apareciam em português, quanto mais legendas e áudio.

No que eu me RECORDO (posso estar me esquecendo de algo), o primeiro game no qual joguei dublado foi Age of Mythology. Era bacana demais escutar os personagens falando português. Agora não me lembro se era português do Brasil ou Portugal, mas enfim, foi o mais perto que cheguei de algo parecido naquela época.

games e jogos

A dificuldade de algumas pessoas em entender o inglês é maior que as outras, e jogar qualquer jogo em um idioma diferente era certamente uma “pedra no sapato” para muitos, o que acabava estragando o prazer de poder jogar decentemente, dando lugar à frustração. Mas então, nosso país demonstrou o verdadeiro potencial na área e o exterior começou a nos olhar de forma diferente.

Tudo mudou.

games e jogos

Novamente, se não me falha a memória, o primeiro game que joguei dublado nessa geração foi Doom 3.

Não me crucifiquem, confesso que eu não curto JOGAR dublado, e nem assistir filme dublado, umas legendas sempre caem bem com toda a certeza, mas sempre prefiro o áudio original. Veja bem, o post é sobre o crescimento no Brasil, e não nos meus jogos(rs 😀 ).

Mas enfim, é MUITO BOM ver que praticamente todos os jogos estão chegando pelo menos com menus e legendas no nosso idioma (Portugueses morrem de inveja, acreditem), e chega a ser estranho iniciar um jogo hoje em dia com ele completamente em inglês.

É bacana o suporte no qual as desenvolvedoras estão dando ao nosso país, pois eles estão vendo que nós somos um dos maiores mercados de games do mundo, e temos condições de ir mais adiante nessa área, e entrar nos 3 maiores. E mesmo eu não usando o idioma em dublagens, gosto que venha junto, pois penso no quão feliz outros gamers ficarão com esse adicional incluso, e a felicidade de um jogador é a felicidade das desenvolvedoras.

The Last of Us é um dos principais jogos a chegar totalmente no nosso idioma.

games e jogos

O suporte vai além dos idiomas

Nos EUA e outros países, constantemente ocorrem eventos GIGANTESCOS para um lançamento de um jogo, com os clássicos “Midnight Launch” (Lançamentos à meia noite). Claro que aqui o negócio não ocorre no mesmo porte, mas acontece. Seja em livrarias ou lojas de jogos, eu acho esses eventos muito bacanas pois mostram o suporte que nosso país vem tendo. Claro que poderia ser ainda melhor, mas já é alguma coisa.

games e jogos

A BGS (Brasil Game Show) é um ótimo exemplo de como nosso país vem crescendo aos olhos do exterior. Com a presença das principais publicadoras e desenvolvedoras com presença confirmada, a edição desse ano promete ser melhor ainda, pelo lançamento da nova geração de consoles, PS4 e XBOX ONE.

games e jogos

O suporte das empresas Sony e Microsoft, e de muitas desenvolvedoras, como a Ubisoft Brasil, que hoje em dia lança todos os jogos no nosso idioma, são essenciais tanto para nós, quanto para eles. Então vamos mostrar o nosso potencial e gritar pedindo cada vez mais, pois merecemos e muito.

Qual foi o game que você mais sentiu a necessidade de um melhor idioma? Comente sobre isso! #GoNerds

Comentários

comentários

About The Author

@SamuelMassotti

“For in dreams we enter a world that is entirely our own. Let them swim in the deepest ocean or glide over the highest cloud.” Um nerd fissurado em tecnologia, um geek declarado. Analista de Sistemas e Programador, que mudou sua forma de ver o mundo, agora um novo blogueiro, with proud. Bazinga Nerds!

2 Responses

  1. Daniel De Mattos Keller

    Lembro bem the época que joguei Zelda pela primeira vez, com um dicionário Oxford GIGANTE no pé the cama para procurar as palavras que não entendia. 😀
    O mercado gamer está cada vez mais aquecido no Brasil e a Dublagem tb! Somos reconhecidos mubndialmente por fazer uma das melhores dublagens do mundo! Como a dublagem de games ainda é uma certa novidade, faltam profissionais mais capacitados para esse tipo de dublagem (eu ñ posso falar mto pq sou fã de vários e inclusive tivemos o privilégio de poder ouvir Guilherme Briggs como Super Homem no jogo Injustice – e o cara só dubla o homem de aço a quase 20 anos… XD). Já temos alguns bons jogos desenvolvidos totalmente por brasileiros e, com certeza, conquistaremos um lugar ao sol tb. Avante nação Gamer!

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.