Falaaa Refugiados! Mal começou 2014, e Hollywood já está fervendo com suas habituais premiações anuais.

Há muitas indicações que nos deixaram felizes e muitas outras que nos deixaram irritados, mas escolhemos aquelas que despertaram as maiores emoções (sejam elas boas ou ruins). Vocês podem adicionar suas opiniões nos comentários, porque elas serão bem vindas e nós sabemos que há muito para se falar sobre a premiação.

GoldenGlobe2014

Na noite desse domingo (12), foi a vez da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (HFPA no acrônimo em inglês) entregar os chamados Globos de Ouro aos melhores do cinema e da televisão do ano de 2013 no sofisticado Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills. Quase soando como uma prévia ao Oscar, que acontecerá no próximo dia 02 de março, a 71ª edição do evento se destacou pelo fato de que o favoritíssimo “12 Anos de Escravidão”, do britânico Steve McQueen, saiu da festa praticamente de mãos abanando, só tendo sido premiado com o Globo de Ouro de melhor filme dramático, que, contudo, é o mais importante dos prêmios.

12-anos-de-escravidc3a3o

Baseado na história real de Solomon Northup, o filme estava concorrendo aos Globos de Ouro de melhor direção, de melhor ator dramático principal (pela atuação impecável de Chiwetel Ejiofor), de melhor ator coadjuvante (Michael Fassbender), de melhor atriz coadjuvante (Lupita Nyong’o), de melhor roteiro e de melhor trilha-sonora original – ou seja, foram ao todo sete indicações, número que só foi igualado por “Trapaça”, de David O. Russel. Esse último, além de ter conseguido o Globo de Ouro de melhor comédia/musical, abocanhou mais dois prêmios: melhor atriz coadjuvante (Jennifer Lawrence) e melhor atriz principal de comédia/musical (Amy Adams).

Jennifer Lawrence inclusive estava parecendo que pegou a cortina dela e foi ao baile!

71st-annual-golden-globe-awards-arrivals

Só que a HFPA não deu outras grandes surpresas em alguns prêmios dessa 71ª edição, tendo sido bastante sensata e dado voz ao favoritismo dos indicados. Leonardo DiCaprio (“O Lobo de Wall Street”) e Cate Blanchett (“Blue Jasmine”) saíram da festa com o merecido Globo de Ouro de melhor ator em comédia e de melhor atriz dramática respectivamente. Além disso, a canção “Ordinary Love”, composta especialmente pela banda irlandesa de rock U2 para o filme “Mandela: Long Walk to Freedom”, foi laureada com o Globo de Ouro de melhor canção original – com certeza, uma homenagem indireta (e muito bem-vinda) ao líder sul-africano Nelson Mandela, que morreu no último mês de dezembro.

Quanto aos prêmios de televisão da 71ª edição do Golden Globe Awards, foram as obviedades que marcaram os resultados.

Na categoria de comédias, quem se destacou foi a série “Brooklyn 9-9″, da FOX, que tem sido um fenômeno de audiência nos EUA e entre os jovens desde que estreou em setembro. Ela levou o prêmio de melhor série de comédia, desbancando os concorrentes “Modern Family”, “Girls”, “Parks and Recreation” e “The Big Bang Theory”, enquanto o ator Andy Samberg, que vive um jovem investigador na série, abocanhou o Globo de Ouro de melhor ator em comédia televisiva. Essa com certeza foi uma das batalhas mais justas e apertadas, pois Brooklyn 9-9 e The Big Bang Theory são de longe as melhores séries de comédia. Já Amy Poehler de “Parks and Recreation” não só apresentou o Golden Globe Awards ao lado de Tina Fey, como também recebeu o prêmio de melhor atriz em comédia televisiva por seu papel como a burocrática administradora de parques de uma fictícia cidade de Indiana.

Brooklyn-Nine-Nine-at-Golden-Globes

Em relação aos dramas, foi “Breaking Bad” – obviamente- a popular série sobre um professor de química que decide se aventurar pelo tráfico de metanfetamina, quem brilhou – além de ter saído com o prêmio de melhor série dramática, o ator Bryan Cranston ganhou o Globo de Ouro de melhor ator em série dramática. A atriz Robin Wright, da série política “House of Cards”, exibida no Netflix, também teve seu favoritismo ouvido pela HFPA e ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz em série de drama.

Saiba mais sobre Breaking Bad em nosso review.

breaking-bad-bryan-cranston-golden-globes-win-nbc

“Yeah Bitch, Thank You”

Confira a seguir a lista completa de indicados e vencedores (em negrito) da 71ª edição dos Golden Globe Awards:

— Cinema

Melhor filme – Drama
“12 anos de escravidão”
“Capitão Phillips”
“Gravidade”
“Philomena”
“Rush: No limite da emoção”

Melhor filme – Comédia ou musical
“Trapaça”
“Ela”
“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”
“Nebraska”
“O lobo de Wall Street”

Melhor ator – Drama
Chiwetel Ejiofor (“12 anos de escravidão”)
Idris Elba (“Mandela: Long walk to freedom”)
Tom Hanks (“Capitão Phillips”)
Matthew McConaughey (“Clube de compras Dallas”)
Robert Redford (“All is lost”)

Melhor atriz – Drama
Cate Blanchett (“Blue Jasmine”)
Sandra Bullock (“Gravidade”)
Judi Dench (“Philomena”)
Emma Thompson (“Walt nos bastidores de Mary Poppins”)
Kate Winslet (“Refém da paixão”)

Melhor ator – Comédia ou musical
Christian Bale (“Trapaça”)
Bruce Dern (“Nebraska”)
Oscar Isaac (“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”)
Joaquin Phoenix (“Ela”)
Leonardo DiCaprio (“O lobo de Wall Street”)

Melhor atriz – Comédia ou musical
Amy Adams (“Trapaça”)
Julie Delpy (“Antes da meia-noite”)
Greta Gerwig (“Frances Ha”)
Julia Louis-Dreyfus (“À procura do amor”)
Meryl Streep (“Álbum de família”)

Melhor ator coadjuvante
Barkhad Abdi (“Capitão Phillips”)
Daniel Bruhl (“Rush: No limite da emoção”)
Bradley Cooper (“Trapaça”)
Michael Fassbender (“12 anos de escravidão”)
Jared Leto (“Clube de compras Dallas”)

Melhor atriz coadjuvante
Sally Hawkins (“Blue Jasmine”)
Jennifer Lawrence (“Trapaça”)
Lupita Nyong’o (“12 anos de escravidão”)
Julia Roberts (“Álbum de família”)
June Squibb (“Nebraska”)

Melhor diretor
Alfonso Cuarón (“Gravidade”)
Paul Greengrass (“Capitão Phillips”)
Steve McQueen (“12 anos de escravidão”)
Alexander Payne (“Nebraska”)
David O. Russell (“Trapaça”)

Melhor roteiro
Spike Jonze (“Ela”)
Bob Nelson (“Nebraska”)
Jeff Pope Steve (“Philomena”)
John Ridley (“12 anos de escravidão”)
David O. Russell (“Trapaça”)

Melhor filme estrangeiro
“Azul é a cor mais quente”, da França
“A grande beleza”, da Itália
“A caça”, da Dinamarca
“O passado”, do Irã
“Vidas ao vento”, do Japão

Melhor canção original
“Atlas”, de Chris Martin (“Jogos vorazes: Em chamas”)
“Let it go”, de Kristen Anderson Lopez e Robert Lopez (“Frozen: Uma aventura congelante”)
“Ordinary love”, do U2 (“Mandela: Long walk to freedom”)
“Please Mr. Kennedy”, de Ed Rush, George Cromarty, T Bone Burnett, Justin Timberlake, Joel Coen e Ethan Coen (“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”)
“Sweeter than fiction”, de Taylor Swift (“One chance”)

Melhor trilha original
“All is lost”
“Mandela: Long walk to freedom”
“Gravidade”
“A menina que roubava livros”
“12 anos de escravidão”

Melhor animação
“Os Croods”
“Frozen: Uma aventura congelante”
“Meu malvado favorito 2″

— TV

Melhor série de TV – Drama
“Breaking bad”
“Downton Abbey”
“The good wife”
“House of cards”
“Masters of sex”

Melhor ator em série de TV – Drama
Bryan Cranston (“Breaking bad”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)
Michael Sheen (“Masters of sex”)
Kevin Spacey, (“House of cards”)
James Spader (“The blacklist”)

Melhor atriz em série de TV – Drama
Julianna Margulies (“The good wife”)
Tatiana Maslany (“Orphan black”)
Taylor Schilling (“Orange is the new black”)
Kerry Washington (“Scandal”)
Robin Wright (“House of cards”)

Melhor série de TV – Comédia ou musical
“The big bang theory”
“Brooklyn nine-nine”
“Girls”
“Modern family”
“Parks and recreation”

Melhor ator em série TV – Comédia ou musical
Jason Bateman (“Arrested development”)
Don Cheadle (“House of lies”)
Michael J. Fox (“The Michael J. Fox show”)
Jim Parsons (“The big bang theory”)
Andy Samberg (“Brooklyn nine-nine”)

Melhor atriz em série de TV – Comédia ou musical
Zooey Deschanel (“New girl”)
Edie Falco (“Nurse Jackie”)
Lena Dunham (“Girls”)
Julia Louis Dreyfus (“Veep”)
Amy Poehler (“Parks and recreation”)

Melhor minissérie ou filme para TV
“American horror story: Coven”
“Minha vida com Liberace”
“Dancing on the edge”
“Top of the lake”
“The white queen”

Melhor ator em minissérie ou filme para a TV
Matt Damon (“Minha vida com Liberace”)
Michael Douglas (“Minha vida com Liberace”)
Chiwetel Ejiofor (“Dancing on the edge”)
Idris Elba (“Luther”)
Al Pacino (“Phil Spector”)

Melhor atriz em minissérie ou filme para a TV
Helena Bonham Carter (“Burton and Taylor”)
Rebecca Ferguson (“The white queen”)
Jessica Lange (“American horror story: Coven”)
Helen Mirren (“Phil Spector”)
Elisabeth Moss (“Top of the lake”)

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Josh Charles (“The good wife”)
Rob Lowe (“Minha vida com Liberace”)
Aaron Paul (“Breaking bad”)
Corey Stoll (“House of cards”)
John Voight (“Ray Donovan”)

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Jacqueline Bisset (“Dancing on the edge”)
Janet McTeer (“The white queen”)
Hayden Panattiere (“Nashville”)
Monica Potter (“Parenthood”)
Sofia Vergara (“Modern family”)

Prêmio Cecil B. DeMille
Woody Allen

Para encerrar, assistam a seguir Jesse mitando no Golden Globe Awards 2014.

Comentários

comentários

4 Responses

  1. cheap ugg boots

    cheap ugg boots

    Under armour also offers better margins to be able to Adidas and thus Columbia ones sums at under usually are 48.19% major and in addition 10.41% doing the job.

    Responder
  2. cheap uggs

    cheap uggs

    (the most up-tp-date tube collecting issued in very well spotted the kind important jack Purcell and throw Taylor every single superstar clothing daubed in rogues date store personal unsecured clea coloring).

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.