gamers

Na década de 70 a Magnavox lançou o Odyssey. Assim nasceu o primeiro vídeo game.

Criado para entreter e aos poucos vício de garotos que exibiam suas técnicas no aparelho com maestria, a invenção ganhou nova cara, formato, jogos e fãs – de todos os gêneros, inclusive garotas que mandam ver no FIFA, God of War, WarCraft, etc – ao longo dos anos.

gamers

Enfim, chega o século XXI, a era digital e eles, os gamers. Afinal, a brincadeira já era? Olha só, se antes os números rondavam apenas a mente dos pais que checavam o preço dos games para dar de presente, hoje empresários da área pensam em altos valores para checar a conta bancária. Segundo dados do mercado, só no Brasil, no ano de 2011 o segmento de games movimentou US$ 420 milhões.

gamers

Vale lembrar que os jogadores também faturam. A Riot Games, produtora e distribuidora do League of Legends, por exemplo, realiza campeonatos e apoia as equipes que participam. Assim os prêmios disputados rendem uma boa poupança, como o da Terceira Temporada Brasileira de League of Legends, que teve início esta semana e vai distribuir US$ 100 mil.

gamers

E aí, será que alguém ainda vai levar bronca na hora do jantar, ou a brincadeira ficou, finalmente, séria?

Por Gabrielle Chamiço

Comentários

comentários

About The Author

Convidado

Convidado especial @BunkerNerd.

Leave a Reply

Your email address will not be published.