Por que estamos no mundo? Qual é a nossa origem? Estamos sozinhos? Deus Existe? Estas e outras perguntas foram feitas ao longo de séculos e mais séculos, e a Ciência dá conta de muitas respostas. Mas por que falar sobre isso? Porque a Ciência é o denominador comum em “The Big Bang Theory, tirando a Penny (rs), claro. “The Big Bang Theory” é um seriado norte-americano que já está partindo para a sua 7º temporada. A série tem dois personagens principais, os cientistas Sheldon Cooper e Leonard Hofstadter, que dividem um apartamento. Os dois recebem constantes visitas dos amigos, também cientistas, Rajesh Koothrappali e Howard Wolowitz, além da vizinha que mora no apartamento da frente, Penny. Os quatro trabalham na mesma universidade e Penny entra neste mundo nerd por acidente. Os cientistas representam, de forma bem clichê, o mundo dos nerds, como as suas dificuldades de socialização, de conseguir mulheres, brincadeiras que só eles entendem, entre outros. Mas apesar de ser bem diferente dos outros seriados cômicos, as piadas são inteligentes e de bom gosto, pois o que é mostrado no seriado não é nenhuma mentira. Pode ser clichê (não para o autor desde texto), mas é verdade.

the big bang theory

Rajesh Koothrappali (Kunal Nayyar) é um astrofísico indiano, o que rende algumas piadas étnicas, como o episódio em que seus pais querem forçá-lo a conhecer uma jovem indiana para que ele se case, pois nem podem imaginar ele se casando com uma americana. Como imaginam, não deu certo. Já Leonard Hofstadter (Johnny Galecki) consegue se sair um pouco melhor na parte social, pelo menos em fazer amizades, pois com as mulheres o assunto é diferente, a Penny que o diga. Já que a citada Penny (Kaley Cuoco) é a vizinha loira por quem Leonard ficou “abobado” desde o primeiro momento em que a viu. Ela foi uma estudante mediana que saiu do interior para tentar  a vida como atriz, mas acabou trabalhando como garçonete em um restaurante. Não entende as piadas dos rapazes e nem as suas brincadeiras, mas, aos poucos, vai fazendo parte do mundo deles e é o ingrediente certo que deixa o seriado mais descontraído.

Howard Wolowitz (Simon Helberg) é um engenheiro judeu, que não tem doutorado, fato lembrado a todo instante por Sheldon (já já saberá quem é). Apesar de Sheldon ser bem excêntrico, Howard não fica para trás com o seu pequeno tamanho, magreza e roupas exóticas que o deixam bem esquisito, sem falar das suas incessantes tentativas de ser um garanhão usando cantadas que deixam as garotas enojadas ao invés de encantadas. O fato de ser judeu também é motivo de ironias, pois, como eu disse no início desta resenha, é um seriado bem estereotipado, mas no fim, acreditem ou não, ele se casa com Bernadette Rostenkowski (Melissa Rauch), originalmente uma garçonete e colega de trabalho de Penny no Cheesecake Factory.

the big bang theory

Por fim, Sheldon Cooper (Jim Parsons) é um gênio, que com apenas 14 anos completou a graduação. Mas quando se trata de convívio social, lhe falta um pouco de perspicácia. É cheio de manias e deixa a vida de Leonard um pouco – ou melhor – muito complicada. Ele incrivelmente se junta em um relacionamento nada convencional com Amy Farrah Fowler (Mayim Bialik), onde não existe beijos nem “coito”, apenas um namoro intelectual. Sheldon já nos fez o favor de criar várias expressões usadas por ai, mas existe uma em especial: Bazinga. Não há como saber o significado exato, mas vou tentar explicar da melhor maneira possível o que acho que significa, é normalmente usada no final de uma piada ou brincadeira, e significa “Te peguei” ou “Te enganei”. Também pode ser usada depois de atacar verbalmente alguém, sendo muitas vezes usada depois de um comentário sarcástico.

Aqui está um vídeo de todos os “Bazinga`s” da primeira até a quarta temporada.

Vamos agora mostrar algumas frases de Sheldon:

– Eu sou claramente muito evoluído para dirigir um carro.

– Penny, percebi que você também está sozinha esta noite. Então se perceber estar sem nada pra fazer, por favor não me perturbe! 

– Aparentemente, a ignorância é uma benção.

– Eu não sou louco – minha mãe me testou.

– Que computador você tem? E por favor não diga “um branco”.

– Esperto? Eu teria que perder 60 pontos de QI pra ser considerado esperto!

– Pedra, papel, tesoura, lagarto, Spock. É muito simples. Olhe – tesoura corta papel, papel cobre pedra, pedra esmaga lagarto, lagarto envenena Spock, Spock esmaga tesoura, tesoura decapita lagarto, lagarto come papel, papel refuta Spock, Spock vaporiza pedra e como sempre, pedra quebra tesoura.

– Ah, gravidade, tu és uma vadia sem coração.

the big bang theory

A série já ganhou vários prêmios, entre eles o People’s Choice Awards,e  Outstanding Achievement in Comedy, além dos vários prêmios individuais (principalmente para o ator que interpreta Sheldon Cooper, Jim Parsons).

Sou suspeito para falar de “The Big Bang Theory”, pois adoro essa série. Então, deixo que você tire as suas conclusões sobre o seriado. Mas antes de formar uma opinião, assista, pois com certeza você irá rir em algum momento.

E será que alguém nota alguma semelhança? BAZINGA! #GoNerds

the big bang theory

Comentários

comentários

About The Author

@SamuelMassotti

“For in dreams we enter a world that is entirely our own. Let them swim in the deepest ocean or glide over the highest cloud.” Um nerd fissurado em tecnologia, um geek declarado. Analista de Sistemas e Programador, que mudou sua forma de ver o mundo, agora um novo blogueiro, with proud. Bazinga Nerds!

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.