Salve, refugiados! Hoje volto com mais um “O que aprendi com”, uma série de textos onde exprimo minha humilde (não tão humilde assim, fazer o que, todos têm pelo menos um defeito) opinião. Hoje é a vez de falar sobre o que aprendi com: Família do Futuro

bunkernerd-oq-aprendi-com-familia-do-futuro--1

Em minha opinião, esta é uma das melhores animações já feitas. Uma obra-prima! Como não se emocionar com a história de um jovem órfão em busca de aceitação? Essa história, por si só, já esquenta os coraçõezinhos peludos e derrete a pedra de gelo que neles habita.

A primeira lição de Família do Futuro é clara:

“Família não depende de sangue. Família é de criação!”

O sangue pode muito bem pesar em alguns aspectos, mas o que realmente faz a diferença na vida são as pessoas que ESCOLHEM viver conosco.

Existem ainda duas grandes lições sobre a vida, e a mais explícita é:

“Continue a nadar… para achar a solução…” (ops, me empolguei, desenho errado…)

Siga em frente! Este é o lema praticado em Família do Futuro. Não desista! Precisamos cair para aprender a levantar. Não há acertos sem erros. Celebre os pequenos fracassos como passos para grandes vitórias.

bunkernerd-oq-aprendi-com-familia-do-futuro--2

Não dá pra viver no passado, perder o presente e esquecer futuro! Vai fazer o que? Ignorar as responsabilidades da sua vida, achar um culpado e viver para sempre tramando planos no covil da vilania?

Deixa ir
Tire o peso dos seus ombros
Pra Seguir
Sem se lamentar dos tombos
Deixe entrar
Essa luz que te define
No Final
Ficarão somente as recordações

No Lugar
Das angústias põe
A luz que vai brilhar
Envolver a tua vida
Tudo Bem
Se pra mim você se volta
Eu já sei
Sentimento Prevalece
No Final… (8)

(A Familia do Futuro – Pequenas Maravilhas)

bunkernerd-oq-aprendi-com-familia-do-futuro--3Agora vem a mais importante (bem importante por sinal) e que muita gente esquece! Seus sonhos são grandes? Tomam todo o seu tempo e sua atenção? Legal, siga em frente! Mas não se esqueça de uma coisa:

Para aqueles que te rodeiam, isto pode não ser prioridade. Pode nem sequer ser algo digno de atenção. Por isto, aprenda a dar atenção pra quem faz isso por você!

Aprenda a respeitar o espaço e as necessidades alheias, para que os seus sejam respeitados! Ponha-se no lugar dos outros! Só faça aquilo que aceita que fizessem pra você.

 

Escrito pelo soldado: Ig

Comentários

comentários

About The Author

Convidado

Convidado especial @BunkerNerd.