É impressão minha ou os jogos estão não só mais fáceis, como recompensam cada vez mais por absolutamente nada ??? –Acho que é só impressão sua !!!– Para quem é um jogador das antigas como eu, lembra o quanto era difícil “zerar” os jogos, principalmente na era dos 8 e 16 bits. Eu lembro que tinham fitas –sim crianças, antigamente os jogos eram em fitas– que eu alugava vários fins de semanas seguidos para tentar “fechar” o jogo, e era sempre muito triste ter que devolver o jogo na segunda-feira sem ter terminado de jogar.–Se hoje os jogos são caros antigamente só alugando ou sendo rico pra jogar !!!–

Vários desses jogos quase me levaram a loucura pela dificuldade. Conseguir terminar jogos como Megaman, Contra, Ninja Gaiden, Battletoads, etc, não era uma tarefa das mais fáceis, era necessário muita habilidade, muita paciência e muito tempo.–Coisa que eu tinha de sobra, menos a habilidade…. e a paciência…. tá eu só tinha tempo, parem de me julgar !!!– Existiam jogos tão intensos que a sensação era quase a de uma guerra, e que qualquer movimento em falso era morte eminente.
game dificilNada era mais excitante, ou importante, do que reunir os amigos em casa para tentar terminar aquele jogo considerado impossível de “zerar”. E depois de várias horas de jogatina, já quase careca de tanto arrancar os cabelos e exaurido tanto física como mentalmente, finalmente ao terminar o jogo a tão sonhada tela final, uma recompensa maior que qualquer troféu ou conquista poderia jamais satisfazer. Só o fato de ter terminado jogos considerados impossíveis já era o suficiente e agora estava provado que você era um excelente gamer.–E agora você já podia esnobar os coleguinhas, quando eles acreditavam !!!–
game dificilMas infelizmente em algum ponto os jogos começaram a ficar extremamente fáceis e agora estamos cercados de jogos onde o desafio é praticamente zero, tornando o ato de jogar quase passivo. Isso se tornou um grande problema para jogadores que gostam de desafios. Até mesmo algumas franquias clássicas sofreram com os padrões atuais, deixando para trás muitas de suas características consagradas pelos fãs da velha guarda. Por exemplo Devil May Cry 3: Dante’s Awekening –também conhecido como: O Melhor Jogo Já Feito na Face da Terra e de Todas as Dimensões– teve lançado uma edição especial que diminuía a dificuldade, pois o jogo era “muito difícil”. Aparentemente os jogadores de hoje estão acostumados de mais a serem levados pela mão e receberem recompensas por absolutamente nada. –E que fique claro que eu não me excluo desse grupo, porque eu também estou muito mal acostumado com isso.–
game dificilÉ claro que não podemos generalizar e dizer que TODOS os jogos mais atuais são fáceis, existem títulos como Demon’s Souls e Dark Souls –pelo jeito o negócio é ter “Souls” no nome– que são extremamente difíceis. Mas ainda sim, infelizmente são poucos os jogos que possuem uma dificuldade tão elevada como esses. –Conselho de amigo, se você tiver problemas de raiva, NÃO JOGUE em hipótese alguma Dark Souls, você com certeza vai ser preso por assassinar alguém !!!–
game dificilE aí refugiado, você acha que os jogos de hoje são muito fáceis ou que a dificuldade foi adequada ao tipo do jogador ? Comente e deixe a sua opinião aqui no BunkerNerd, nós queremos saber !!!

P.S.: Dark Souls é legal pra caramba, aconselho a todos que joguem, isso é, se você gosta de dificuldade e… se você tem dinheiro para comprar um novo controle, porque é bem possível que você vai querer tacar ele na parede !!!

Comentários

comentários

About The Author

ArthurAques

Nerd desde criança e gamer desde sempre. Por mais agitado que o dia possa ser, sempre acha uma brecha para se atualizar com as novidades sobre jogos, filmes, séries e quadrinhos. Criado desde pequeno pelo seu pai para ser um fã incondicional de AC/DC, fica feliz quando seus vizinhos curtem música boa, querendo eles ou não.

One Response

  1. Prepare Sua Carteira: Março 2014 | BunkerNerdBunkerNerd

    […] Com um visual quase cartunesco, colorido e vibrante, o game se distancia da tentativa de realismo que marcou a franquia nos últimos anos. Aqui, você não controla Ryu Hayabusa, mas um outro guerreiro ninja,–Aff… Ryu Hayabusa é DEUS… na forma de um ninja assassino degolador de cabeças !!!– ressucitado dos mortos para se vingar, matando o próprio Ryu, protagonista da franquia “Ninja Gaiden” desde os dias do Nintendinho. Para deixar as coisas ainda mais complicadas, ele vai fazer isso em meio a uma praga zumbi. E a Yaiba Kamikaze, organização que trouxe o ninja de volta à vida exige que ele também acabe com a infestação de mortos-vivos. O jogo combina ação constante, combos brutais e sanguinários com momentos de humor negro, geralmente envolvendo os descerebrados mortos-vivos que infestam a tela.–Chega de jogo de zumbi, já deu !!!– A dificuldade elevada, marca registrada de “Ninja Gaiden”, é coisa do passado em “Yaiba”. O Team Ninja, responsável pelo game, optou por fazer dessa aventura algo mais acessível para atingir um público mais amplo, com combinações de golpes e combates simplificados, quase uma mistura de “Ninja Gaiden” com “Dynasty Warriors”. Provavelmente o maior desvio da fórmula de “Ninja Gaiden” sejam as sequências com Quick Time Events, coisa que o antigo diretor da série, Tomonobu Itagaki, abominava, mas que agora se fazem presentes em determinadas cenas de ação. Esses QTEs interrompem o controle direto do jogador para que Yaiba salte em postes, escale paredes e faça outras acrobacias. Nos games anteriores, executar essas tarefas eram obrigação do jogador, agora basta pressionar os botões que surgem na tela na hora certa.–Como assim ??? Pegaram uma série FODA, justamente pelo nível de dificuldade, e acabaram com ela !!! Onde estão os jogos difíceis ???– […]

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.