Olá Refugiados, no post de hoje falaremos sobre o filme “No Olho do Tornado”. Assisti esse filme e posso dizer que saí do Cinema sem nenhuma crítica. Mas antes de você começar a me ofender e colocar o monóculo dizendo: “Esse jovem não entende nada de Cinema” deixe eu explicar o por quê.

A proposta do filme é clara: ver um tornado destruindo uma cidade e pessoas tentando fugir da destruição. Tudo que acontece no meio é totalmente irrelevante. Eles tentam colocar um romance (juvenil como sempre) e o tão famoso filho rebelde que não escuta o pai e acaba em apuros esperando o pai salvá-lo. “No Olho do Tornado” vai explodir coisas e mostrar o maior tornado já criado no cinema, muito maior do que no filme “Twister”.

no olho do tornado 001

Eu podia perder tempo aqui explicando que a história é contada pelo filho de um Diretor/Coordenador de escola, mas isso não faria você assistir o filme. Poderia contar da existência de um grupo que está produzindo um documentário sobre tornados e está a quase um ano sem fazer qualquer imagem exclusiva do evento meteorológico. Podia falar dos aspirantes a JackAss que não tem noção alguma do perigo que é um tornado. Mas o que posso falar para fazer você querer ver esse filme? Simples: Thorin Oakenshild é esse pai em busca do filho em perigo. Um anão em busca da salvação de seu filho. Se Erebor foi retomada e Smaug derrotado, o que seria de um pequeno/enorme tornado?

no olho do tornado 002

A computação gráfica não é espetacular, mas é o suficiente para seus olhos não sangrarem. O Tornado final é espetacular e mostra o verdadeiro poder da natureza.

Se você quer ver destruição e o anão filho de Thor em outro papel, corra e vá logo para o cinema.

 

Comentários

comentários

About The Author

@RenatoEstranho

We drank, we fought, we made our ancestors proud. Andando e vivendo com o caderno na mão para não perder a informação. Publicitário metido a escritor com ideias que precisa por no papel. "From womb to tomb, we are bound to others, past and present.” Cloud Atlas.