Atenção RPGistas de plantão! Aqui vai um post pra vocês: durante nossas aventuras, muitas vezes temos problemas para nos situar em batalhas e situações diversas, não é? Tendo isso em mente, muitos jogadores desenvolvem seus próprios métodos, mapas e miniaturas para facilitar o jogo.

Silverlight, um usuário do Reddit e desenvolvedor na Roll20 usou um projetor no teto, mirando na mesa, para ilustrar suas aventuras. Ainda que seja uma boa ideia, custa um pouco caro, já que nem todos possuímos um projetor à disposição, right? Dito isso, hoje vou falar de técnicas que já presenciei em games e também meu nível de satisfação com cada uma delas.

bunkernerd_o RPG e o grid_1

A primeira técnica, muito utilizada: “imagine”.
Ok! Essa não é exatamente uma técnica, mas todos nós já jogamos (ou passaremos por isto algum dia) sem mapas e tivemos que improvisar, não é?

bunkernerd_o RPG e o grid_imagine

Quando usamos o campo da imaginação, muitas vezes perdemos a noção de espaço e tamanho de criaturas e objetos. Por isto, às vezes uma folha sulfite (ou um caderno quadriculado) facilitam a vida.

A segunda técnica: toalhas de mesa.
Quem nunca viu aquela toalha de mesa, durante o café (em casa ou na casa dos outros) e pensou: “Nossa, preciso de uma dessas pro RPG”?

bunkernerd_o RPG e o grid_desenhos e canetas

Dependendo do tamanho dos quadrados, na falta de miniaturas (que custam caro), dá pra usar tampinhas de garrafa, pedras (estilizadas ou não) ou até mesmo aquele SET de dados sobressalente que um dos players (ou o próprio narrador) tem. Até onde eu sei, após os mapas quadriculados que vêm com alguns livros (por exemplo o livro do mestre de Dungeons & Dragons 3.5), estas são as técnicas mais utilizadas. Mas…

bunkernerd_o RPG e o grid_2

Já pensou em colocar um plástico transparente ou um vidro liso por cima do mapa? Desta forma, seja ele de papel ou pano, é possível fazer marcações com pincéis de quadro branco! Com isso é possível ter um grande mapa quadriculado e, com a ajuda das canetas, montar salas, corredores e áreas de acordo com as necessidades (e apagar e reaproveitar o grid mais vezes).

Nosso oficial, Castor, também tem uns grids plastificados que são muito bons, que também podem ser escritos e apagados apenas usando um pano com álcool. Você pode fazer pequenos mapas em casa e usar papel contact para plastificá-los e assim, poder escrever em cima!

Numa mesa de D&D, jogamos com:

  • um grid plotado com quadrados de 1,5 cm de lado, representando os 1,5m de cada quadrado de deslocamento;
  • um plástico transparente por cima (que sai bem baratinho em qualquer papelaria);
  • e canetas coloridas.

Usamos miniaturas de D&D, e /ou pedras coloridas para representar os personagens e inimigos enfrentados. Como o desenho é livre, caso não possuam miniaturas ou pedras, todos poderiam, inclusive, alterar suas posições utilizando apenas as canetas coloridas ou escrevendo nomes, números ou sinais representativos!

bunkernerd_o RPG e o grid_desenhos e canetas_2

Portanto, para aqueles que acharam, como eu, o investimento em projetores um incomodo ou que pensam que tecnologia demais durante as sessões apenas servem de foco de distração, aí estão algumas alternativas!

bunkernerd_o RPG e o grid_2

E você, tem alguma técnica diferente para facilitar a visualização do campo de batalha durante as sessões? Conte pra gente!

 

Escrito pelo oficial Ig

Comentários

comentários

About The Author

Convidado

Convidado especial @BunkerNerd.