Atualmente existem inúmeras ferramentas antipirataria tanto para single ou multiplayer, entre os mais famosos, Denuvo, EAC (Easy AntiCheat System), Punkbuster, BattlEye entre outros, e para aqueles que curtem usar casualmente um crosshair, aimbot, speedhack, flyhack, low gravity ou super jump, extrasensory perception (ESP), radar ou jogar aquele lançamento do momento sem gastar nada além de sua conexão com a internet, nem sempre a vida é fácil, apesar da evolução constante da pirataria, as desenvolvedoras ainda conseguem criar métodos criativos antipirataria, iremos postar alguns exemplos onde os desenvolvedores trollaram os cheaters:

The Sims 4

foto.01 sistemas anti pirataria

Desde o lançamento de The Sims 4 em 2014, alguns espertinhos que obtiveram a versão ilegal, jogaram uma versão toda borrada e “pixelada” do jogo, mal dava para ver os nudes, mas BunkerNerd? Você perguntaria, foi mais um erro dos programadores? Não soldados, foi a EA tirando onda da cara dos pirateiros de plantão.

Serious Sam 3

foto.02 sistemas anti pirataria

 

A equipe da Croteam foi criativa quando o assunto foi trollar, quando o jogo detectava uma cópia Jack Sparrow, o jogo funcionava que era uma beleza, no entanto, no meio da missão, aparecia um escorpião vermelho do capiroto, impossível de matar, o jogador era perseguido até a morte, e em 100% das vezes morria, os pirateiros eram vencidos pelo cansaço, ragequit na veia.

The Talos Principle

foto.03 sistemas anti pirataria

 

Ainda em 2014, a Croteam aprontou mais uma, quem já jogou Talos sabe que os elevadores são importantes para a mudança de fase, quando um bucaneiro é detectado, o elevador simplesmete para de funcionar enquanto o jogador está nele.

Batman: Arkham Asylum

foto.04 sistemas anti pirataria

Lembro como se fosse hoje, o primeiro jogo do Batman, todos que conhecia estavam na hype do jogo, entre eles, outros tantos que não tinham dinheiro ou não queriam gastar com o jogo, após o lançamento, só se ouvia uma reclamação, o pior jogo do Batman, bugado, impossível jogar, não soldados, Batman: Arkham Asylum é até hoje um dos melhores jogos da série Arkham, os desenvolvedores da Warner Bros, resolveram tirar onda da cara dos piratas, limitando a habilidade do Batman de planar, portanto, era impossível prosseguir com o jogo.

ARMA 3

foto.05 sistemas anti pirataria

A equipe de desenvolvedores da BOHEMIA seguindo os exemplos das demais produtoras, não deixou quieto e investiu em métodos antipirataria nada convencionais, um deles é o DEGRADE, basicamente bagunça as configurações das armas, trava veículos e adiciona efeitos bem loucos como se o jogador estivesse sob efeito de drogas, assim fica difícil curtir o jogo.

E você soldado? Já caiu na armadilha de Jack Sparrow? Em breve, postaremos mais exemplos de jogos que trollaram os pirateiros, praticamente chamaram a mãe de galinha e o pai de coxinha daqueles que optaram por piratear seus jogos, fiquem ligados!

Comentários

comentários

About The Author

Convidado

Convidado especial @BunkerNerd.