Hello guerrilheiros refugiados, o post de hoje é uma derivação de minhas experiências no universo feminino que deram certo ultimamente! Não, nada de achar absorventes em tempos de guerra ou querer cupcake de chocolate com pêra no meio do campo de batalha, nada disso! São dicas de o que e como fazer com coisas que você não usa mais, basicamente um “Tutorial de troca-troca”! Sounds funny….

Vamos mais ao ponto: TROCAR objetos é basicamente um escambo, aquilo que os homens das cavernas faziam (ou os que vieram uns milhões de anos depois deles) antes de haver dinheiro. Sabe aquele livro que você já leu e não curtiu (ou simplesmente se pra você ler uma vez já é suficiente e você não se apega – ao contrário de mim e do @RenatoEstranho que somos dois loucos por manter os livros impecáveis, sem arranhões nem orelhas-de-burro, muito menos aquela dobra hedionda no meio! Arrrgggghhhh), aquele jogo que você ganhou de uma tia que mal sabe que você já tem o mesmo há décadas (e agora você tem 3, porque ela repetiu o presente esse ano), o skate que você usava quando tinha X anos e agora sua mãe só enche o saco porque está empoeirando e tomando lugar na casa?! Já pensou em trocar?!

Descobri que existem muitos sites de trocas por aí! Mas, experiência própria, eles estão entupidos de pessoas espertonas que compraram cacarecos na china e vendem por 10x o valor do produto. Há até apps pra sites de trocas mas depois de ver alguns assim fiquei com preguiça de baixar. Não contente com isso, fui procurar em grupos do Face (pra vocês saberem, meu negócio é roupas, não o skate)…. Tchaaaan! Achei o que precisava! Pessoas vendendo coisas que por N motivos não usam mais a preço de banana (ou não) e querendo trocar outras!

Existem páginas e grupos e perfis especialmente feitos para trocas e vendas de usados! O legal é que nelas você fala diretamente com quem está querendo se livrar do que você quer, barganha, troca, enfim, consegue algo de útil pra você! O legal de trocar é que as vezes dinheiro não é importante, e sim o apego que você tem (ou não) ao objeto em si; ou então você descobre que dinheiro não compra tudo, pois nada que você ofereça vai fazer algum ser te vender o que ele quer só trocar! É interessante analisar a dinâmica disso tudo…. Mas! Voltando á praticidade, prossigamos!

Vamos às dicas de como optimizar sua entrada nesse mundo:

1 SUPREMO) Isto não é uma dica, é uma ordem: acima de TUDO, preze por sua segurança. Nada de marcar de se encontrar em casa, becos escuros, etc. Vale o que mães do mundo inteiro diriam “marque o encontro em um shopping, lugar público, com câmeras e gente, leve um amiguinho junto, avise à outras pessoas onde você está indo!” O mundo tá cheio de gente boa, mas também está cheio de gente mal intencionada. Ter um pouquinho de cautela é MUITO importante!

1) Dê preferência para trocas/vendas na sua própria cidade. Ninguém garante que se você comprar um XboX de um mané de outro lugar você vai depositar o mãnei e ele vai enviar. Talvez até envie, mas nunca se sabe né. Veja o produto pessoalmente, avalie, se possível teste.

2) Seja paciente. Encontrar um grupo que preste para fazer trocas pode demorar, mas acaba valendo a pena.

3) Você quer trocar fotos do monstro do Lago Ness e não achou um grupo pra isso?! CRIE! Vai que há mais humanos lá fora querendo trocar as deles também?!

4) Antes de gastar seu tempo indo trocar ou comprar algo de alguém, peça mais fotos, pergunte detalhes, negocie e tenha certeza que vale a pena seu tempo e seu dinheiro.

5) Desapegue-se do que você não precisa. Aquele seu livro incompleto de figurinhas que você nunca gostou mesmo talvez seja o objetivo de vida de alguém, e talvez esse alguém tenha algo que você quer muito também!

6) Fique esperto! Pesquise preços por aí antes de avaliar suas peças ou de aceitar pagar alguma quantia em algo que você quer comprar. Se falta um gelouco para sua coleção, de repente você encontra um no mercadolivre por 2 reais ao invés de pagar 50 pro espertão que percebeu o quanto você quer AQUELA pecinha.

BunkerNerd apóia ações que não degradam o meio-ambiente, a conscientização e o bla bla bla do GreenPeace, etc. Portanto, trocar e revender é legal: ao invés de acumular coisas na sua casa e um dia sua mãe jogar todas fora, você pode fazer uma graninha extra com aquilo, conseguir algo que você vá usar e ao mesmo tempo cuidar do planeta Terra ao evitar que as coisas percam seu uso e virem lixo!

 

Aqui vão alguns grupos que talvez interessem à rapaziada de Curitiba:

1 – GAMES

2 – LIVROS

3 – ROUPAS PRAS REFUGIADAS

4 – MERCADÃO UFPR (51mil membros… Esses dias estavam vendendo um ATARI por lá!)

Vocês conhecem mais grupos?! Conta pra gente então aqui nos comentários 😉

Comentários

comentários

About The Author

MeninaSal

Scissors cuts paper, paper covers rock, rock crushes lizard, lizard poisons Spock, Spock smashes scissors, scissors decapitates lizard, lizard eats paper, paper disproves Spock, Spock vaporizes rock, and as it always has, rock crushes scissors. - Um dia você ainda aprende.

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.